JNO - Jornal de Nova Odessa - page 5

QUINTA-FEIRA, 25 DE JULHO DE 2019
PÁG. 5
CIDADE
COLUNA SAÚDE ACONTECE
Perguntas e sugestões podem ser enviadas para
ou para a Avenida Pompeia, 634, conj. 401 - São Paulo, SP - CEP 05022-000
APOIO
Vitamina C, benefícios à saúde
Por Daniel Magnoni*
Identificada primeiramente como “fator antiescorbuto”,
a Vitamina C inicialmente ficou conhecida como a substân-
cia essencial na prevenção do escorbuto. No século XVIII,
o médico da Marinha Britânica, James Lind, relatou que
a ingestão de sucos cítricos tinha papel fundamental no
combate e tratamento da doença, o que futuramente tor-
nou obrigatório o fornecimento de cítricos aos marinheiros
durante as viagens. Apenas no século XX a Vitamina C foi
descoberta e identificada nos alimentos, sendo sua estru-
tura nomeada como ácido ascórbico.
No organismo, ela age como antioxidante e como cofator
da ação de uma série de enzimas. Uma de suas funções como
cofator é auxiliar enzimas específicas da produção de coláge-
no, ajudando nas fases de síntese e impedindo sua inativação.
O colágeno é a proteína mais abundante no corpo humano e
serve de matriz para a formação de ossos e dentes. Ele pode
ser encontrado em diversos tecidos do corpo, como tendões,
ossos, cartilagens, pele, córnea e no interstício. Ainda que a
síntese de colágeno diminua naturalmente com o passar dos
anos, alguns estudos indicam que a Vitamina C estimula a
sua produção no organismo independentemente da idade.
Além disso, também é o antioxidante em maior quantidade
no corpo humano, atuando da redução do estresse oxidativo
causado pela ação dos radicais livres.
As fontes de Vitamina C são de origem vegetal, sendo as
frutas as que contêm os mais altos teores do nutriente. A
concentração nesses alimentos pode ser influenciada por
fatores como estação do ano, transporte, estágio de ma-
turação, armazenamento e tipo de cocção. Produtos de
origem animal contém pouca quantidade desse nutriente,
enquanto grãos não a possuem.
A vitamina C também auxilia na absorção do ferro, pois o
mantém na forma ferrosa (Fe2+), que é mais bem absorvi-
da do que a forma férrica (Fe3+), ajudando no combate de
deficiências de ferro.
Apesar de ser uma vitamina popularmente suplementada,
os valores diários são facilmente alcançáveis através da alimen-
tação. Algumas situações podem aumentar essa necessidade,
como fumo, uso de alguns medicamentos, gestação e lactação.
As recomendações de ingestão diária para indivíduos adultos
são de 60mg para mulheres e 90mg para homens. No caso de
fumantes, recomenda-se elevar o consumo emmais 35mg.
A deficiência desse nutriente só começa a apresentar si-
nais após quatro a seis meses de baixa ingestão, menores
que 10mg/dia. Seus primeiros sintomas são esquimoses e
petéquias (sangramentos subcutâneos), podendo evoluir
para anormalidades psicológicas como histeria e depressão
e, mais tardiamente, fadiga e letargia.
Normalmente, a disponibilidade de Vitamina C nas dietas
é alta, porém, alguns levantamentos de dados indicam que
muitos brasileiros têm consumido quantidades insuficientes
dessa vitamina por conta do aumento do número de alimen-
tos ultraprocessados. Assim, é importante reforçar a necessi-
dade do consumo diário de vegetais, principalmente de fru-
tas, para garantir que os valores diários sejam atingidos.
De maneira geral, as vitaminas não são sintetizadas pelos
humanos em quantidade suficiente para desempenhar suas
funções normais. A necessidade de ingerir alimentos com
concentrações adequadas de Vitamina C faz com que os ve-
getais precisem do suprimento adequado de nutrientes. Para
solos pobres em nutrientes, é capaz ocorrer o comprometi-
mento na síntese desta importante vitamina, o que poderá
ser solucionada pelo uso de fertilizantes, visando fornecer às
plantas, os nutrientes carentes nos solos.
Daniel Magnoni, consultor da iniciativa Nutrientes para a Vida (NPV), dire-
tor de Serviço de Nutrologia e Nutrição Clínica do Hospital do Coração – Hcor
» CULTURA
Mais do que um espetáculo musical, a apresentação será um
manifesto pela paz e pelo equilíbrio do meio ambiente, con-
forme adiantaomaestroMárcioBeltrami. Aentrada égratuita.
Em concerto especial nesta
quinta-feira, Banda Sinfônica
pede paz e equilíbrio ambiental
Da Redação
Quando subir no palco
do Teatro Municipal ‘Di-
vair Moreira’, na noite desta
quinta-feira (25), apremiada
Banda Sinfônica Municipal
‘Professor Gunars Tiss’ não
iniciará apenas mais um
concerto primoroso, carac-
terística de suas performan-
ces em 32 anos de história.
Mais do que um espetáculo
musical, a apresentação será
ummanifestopelapazepelo
equilíbriodomeioambiente,
conforme adianta omaestro
Márcio Beltrami. A entrada
é gratuita.
“O concerto ‘Impact - O
Planeta pede Paz’ tem como
objetivo principal propor-
cionar ao público a reflexão
sobre os impactos que a
sociedade vivencia hoje. Por
meio de obras originais es-
critas para Banda Sinfônica,
o repertório explora a nova
culturaquese impõedo ime-
diatismo.Retrataosmedos, a
destruição, asmudanças cli-
máticas e o fimde espécies e
habitats no planeta”, explica
omaestro, à frente da Banda
desde a sua formação.
Para os espectadores en-
trarem no clima, o maestro
preparou um programa es-
pecialcomasobras“Impact”,
do compositor Sean O’Lou-
ghlin; “Rush”, de Samuel
Hazo; “Arsenal”, obra de Jan
VanDerRoost; “Alvamar”,de
James Barnes; “Into The Joy
Of Spring”, de James Swe-
aringen; e “Marea Negra”,
obra composta por Antón
Alcade Rodriguez, que será
executada pela primeira vez
por uma banda sinfônica no
país. “Imagensserãoexibidas
no telão durante oprograma
do concerto, para que haja
maior interação e introspec-
ção do público com as obras
e o momento atual em que
vivemos”, afirma Beltrami.
Aoutranovidadedocon-
certo desta quinta-feira em
Nova Odessa está na regên-
cia. “Pela primeira vez, tere-
mosumamaestrina regendo
a Banda”, diz o maestro, se
referindo à convidada Meire
Ellen de Araújo, regente da
Banda Sinfônica do Unasp
(Centro Universitário Ad-
ventista), que tem campi
emEngenheiroCoelho,Hor-
tolândia e São Paulo.
Além da maestrina, par-
ticiparão do concerto como
convidados especiais osmú-
sicos Patrícia Arantes (pia-
no), William Alves Ferreira
(trompete), Priscila Pereira
de Andrade Filier, Adriana
Laranjeira e Amanda Brito
Silva (percussão). A apre-
sentação do concerto ‘Im-
pact - O Planeta pede Paz’
ocorrerá a partir das 20h. O
TeatroMunicipal fica naRua
do Tamboril, 140, no Jardim
das Palmeiras.
BANDA
Quando foi fundada,
em 1987, a Banda Sinfônica
tinha 25 músicos em sua
composição. Detentora do
título de campeã estadual
por nove vezes, também se
sagrou vencedora, em 1997,
no Concurso Pró-Banda da
Secretaria de Cultura do
Estado de São Paulo e foi bi-
campeã nacional de bandas
em 1999 e 2000. Durante
sua trajetória, a corporação
gravou três CDs e participa
regularmente de eventos
culturais promovidos na
região. Hoje, são 38 músicos
atuantes, que se reúnem
semanalmente para os en-
saios e levam um pouco da
história damúsica e deNova
Odessa para toda região.
» ATIVIDADES
Da Redação
Com uma palestra sobre
autoconhecimento, relacio-
namento, comportamento e
comunicação interpessoal,
foi aberta nesta quarta-feira
(24) a Semana da Educação
de Nova Odessa. O evento,
que marcou o início do
segundo semestre letivo e
contou compresençamaci-
ça dos funcionários da Edu-
cação, foi realizado na Emef
(EscolaMunicipal deEnsino
Fundamental) ‘Professora
Alvina Maria Adamson’, no
Jardim São Jorge.
“É muito importante o
professor entender o perfil
comportamental de cada
aluno para poder se comu-
nicarmelhor comcada um.
Esse conhecimento vai per-
mitir que ele potencialize o
desenvolvimento da crian-
ça”, sintetizou o palestrante
Wagner Baroni, convidado
pela Secretaria de Educação
para pontuar a retoma-
da dos trabalhos na pasta.
Especialista em coaching,
Baroni falou da importân-
cia do autoconhecimento
e da identificação de perfis
para o estabelecimento de
comunicação eficaz e rela-
cionamentos sem estresse.
Para a secretária de Edu-
Semana da Educação abre segundo
semestre letivo emNova Odessa
cação, Claudicir Brazilino
Picolo, a palestra cumpriu
os papéis de reintegrar os
servidores e proporcionar
momentos de reflexão, des-
contração e crescimento
pessoal para a retomada dos
trabalhos. Outro destaque
do evento foi a mostra foto-
gráfica “Biosfera – a multi-
plicidade da vida”, projeto
desenvolvido pela fotógrafa
Márcia Nora. Montada no
espaço do evento, a expo-
sição tem caráter itinerante
e busca, por meio de 23
imagens da fauna e da flo-
ra, despertar a consciência
sobre a necessidade de pre-
servação da vida.
O secretário de Governo,
Wagner Morais, parabeni-
zou a secretária e todos os
funcionários pela Semana
da Educação e pela quali-
dade do ensino oferecido
nomunicípio. “Éumdesafio
muito grande fazer gestão
pública e alcançar os índices
que atingimos. Com muito
trabalho e empenho de to-
dos, estamos melhorando e
ampliandonossa estrutura”,
disse Morais, referindo-se
a pesquisas e estudos que
colocam o serviço presta-
do no município entre os
melhores da RMC (Região
Metropolitana de Campi-
nas). Morais representou
o prefeito Benjamim Bill
Vieira de Souza no evento.
Entre os avanços na área
de Educação, o secretário
citou o funcionamento das
creches 12 horas por dia; a
inauguração do CMEI (Cen-
tro Municipal de Educação
Infantil) do JardimCapuava,
entregue em maio; o CMEI
do Jardim Santa Luiza, na
fase de acabamento; além
de reformas, ampliações de
escolas e concursospúblicos
paramelhorar oatendimen-
to e as condições de trabalho
dos funcionários do setor.
OUTRAS
ATIVIDADES
A Semana da Educação
deNovaOdessa continuana
quinta-feira (25), comativi-
dades internas para profes-
sores (correção de provas e
planejamento); e na sexta
(26), quando um grupo de
educadores vai visitar oMu-
seuAfro Brasil, instalado no
Parque Ibirapuera, na capi-
tal paulista. O espaço tem11
mil metros quadrados e um
acervo commais de seismil
obras, entre pinturas, escul-
turas, gravuras, fotografias,
documentos e peças etnoló-
gicas, de autores brasileiros
e estrangeiros.
1,2,3,4 6
Powered by FlippingBook